Hormônios

Hormônios – Você sabe o que são e o papel que desempenham no organismo?

Os hormônios são os mensageiros químicos do nosso organismo e têm grande importância no controle de várias funções do corpo. Cada hormônio possui sua própria função e, como um todo, eles atuam em processos como: o controle do crescimento, o desenvolvimento físico e também na regulação das funções de diversos tecidos. Além disso, podemos encontrar sua influência nas funções reprodutivas e no controle do metabolismo, que é o processo utilizado pelo organismo para produzir energia a partir dos alimentos.

Eles foram detectados pela primeira vez no início do século passado, pelos cientistas ingleses William Bayliss e Ernest Starling. Os dois pesquisadores demonstraram que uma substância retirada do revestimento do intestino tinha condições de ser injetada em um cão com o objetivo de estimular o pâncreas a produzir fluído.

Os cientistas nomearam essa substância de secretina e ainda cunharam o termo “hormônio”. Hoje em dia é possível afirmar que cientistas já catalogaram algumas dezenas de hormônios.

Como os hormônios atuam

Eles são produzidos nas diversas glândulas que temos em nosso organismo e compõe o sistema endócrino. Elas secretam os hormônios de acordo as necessidades do nosso corpo. Como dito no início deste artigo, cada hormônio tem sua própria função. Porém, em alguns casos eles trabalham em conjunto, como acontece quando tomamos um susto. Quando isso acontece, a adrenalina e a noradrenalina trabalham juntas para acelerar a respiração e o batimento cardíaco.

Das glândulas endócrinas em que cada um deles é produzido, os hormônios são lançados na corrente sanguínea e, a partir daí, alcançam todas as células do corpo – mas, o interessante é que eles só irão atuar sobre aquelas a que são dirigidos, chamadas, por isso, de células-alvo. Isso funciona por que elas possuem receptores especiais para aquele hormônio específico.

A glândula hipófise, localizada no cérebro, é a responsável por, além de produzir sua própria leva de hormônios, incentivar o restante das glândulas endócrinas a atuarem de maneira correta.

De uma maneira geral os hormônios podem ser classificados em dois tipos distintos, baseados na sua composição química. Grande parte deles são peptídios, ou derivados de aminoácidos. Nesse caso estão incluídos os hormônios gerados pela parte anterior da hipófise, pela tireóide, paratireóides, pela placenta e também pelo pâncreas.

Os hormônios peptídicos geralmente aparecem na forma de proteínas maiores. Quando eles são exigidos para funcionarem, esses peptídios sofrem uma decomposição e se tornam biologicamente ativos e secretados no sangue para que, dessa maneira, tenham a capacidade de circularem em todo o organismo.

Há também os hormônios sexuais, secretados pelas glândulas suprarrenais, testículos e ovários.

Problemas relacionados com os hormônios

Caso os hormônios não funcionem da maneira correta, é possível afirmar que o corpo passa a sofrer o que chamamos de disfunções hormonais. Esses transtornos podem acontecer tanto em homens quanto em mulheres e ocasionam problemas relacionados a fertilidade, ao surgimento de espinhas, além de problemas de peso, entre outros.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em Goiânia e Anápolis.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp